ATENDIMENTO AO CLIENTE
Concórdia: 49 . 3442 3430
Florianópolis: 48 . 3224 4633
PUBLICAÇÕES


O PAPEL DO ADVOGADO NA PREVENÇÃO DOS NEGÓCIOS

26/11/2021

No Brasil, a advocacia está regulada na Constituição Federal e na Lei nº 8.906, o que demonstra a importância dessa profissão para a defesa dos direitos dos cidadãos. É justamente por conta dessa importância social que se deve entender que a advocacia não se limita às discussões judiciais.

Antes disso, o advogado pode e deve ser procurado para atuar de forma conciliatória e preventiva, ou seja, com o objetivo de evitar a ocorrência de situações indesejáveis e prejuízos muitas vezes irrecuperáveis.

Nesse campo, a consulta e o assessoramento através de advogado é altamente indicável não só às empresas e instituições, mas em especial às pessoas que estejam realizando negócios que, muitas vezes, é o sonho pessoal acalentado há muitos anos e o destino da economia de uma vida inteira.

O advogado possui conhecimento jurídico suficiente para analisar os efeitos do negócio, orientar legalmente, sugerir providências preventivas e indicar garantias suficientes para evitar ou minimizar prejuízos futuros. Infelizmente, muitas negociações acabam mal justamente pela falta de consulta a um advogado.

Esse quadro é muitas vezes influenciado pela inocência, pela ganância ou mesmo pelo excesso de confiança. Verifica-se, ainda, as constantes fraudes escondidas por falsas aparências de um bom negócio e da promessa de lucros elevados, ingredientes que costumam induzir em erro muitas pessoas e a ocasionar-lhes prejuízos de grande monta.

Justamente para se prevenir efeitos indesejáveis e até mesmo irrecuperáveis, é altamente recomendável a procura de um advogado para assessoramento e acompanhamento de negócios.

Fonte: Paulo Rogério de Souza Milléo - OAB/SC 7.654







WhatsApp