ATENDIMENTO AO CLIENTE
Concórdia: 49 . 3442 3430
Florianópolis: 48 . 3224 4633
PUBLICAÇÕES


Aplicação da Mediação nas Empresas

02/07/2019

Os tempos modernos tem exigido das pessoas e das organizações empresariais atitudes e decisões rápidas e eficientes. A velocidade com que tudo se modifica reflete e mexe com tudo aquilo que aparentemente se dizia imutável ou estabilizado, ou seja, já não temos mais a chamada “zona de conforto”.
Por isso, tanto quanto possível, os conflitos – que inevitavelmente surgem no âmbito das empresas – devem ser solucionados da forma mais rápida, eficiente e econômica possível.
Daí a nossa insistência de que esse objetivo somente será alcançado a partir da utilização do instituto da mediação, pelo qual uma terceira pessoa, preparada para tanto e sem interesse direto na causa, vai buscar a aproximação das partes conflituosas e criar as condições favoráveis para um ambiente de negociação, afastando a ideia de um único culpado e fomentando a empatia entre as partes, demonstrando as vantagens de uma solução consensual para o problema.
São exemplos de litígios em que pode e deve ser utilizada a mediação: (i) cisão/incorporação de empresas (ii) retirada de sócio; (iii) conflito entre sócios ou diretores; (iv) nas questões entre patrão/empregado; (v) nas cobranças de dívidas de qualquer natureza.
Portanto, as empresas já não tem mais tempo e nem recursos a perder com ranços nem birras, de modo que todo e qualquer conflito deve receber o devido e rápido tratamento para a estabilização, harmonização interna e, consequentemente, sucesso em seus negócios.

Fonte: Sergio Guaresi do Santo - OAB-SC 9.775







WhatsApp