ATENDIMENTO AO CLIENTE
Concórdia: 49 . 3442 3430
Florianópolis: 48 . 3224 4633
PUBLICAÇÕES


E se você morresse hoje? Como ficaria sua empresa?

03/05/2019

Por mais que a ideia incomode a todos, independentemente da crença religiosa, a única certeza que temos é que somos finitos, e no Brasil temos data para comemorar os Finados (2 de novembro).
Segundo o filósofo Sêneca: “Morremos todo dia, pois todo dia nos é tirada uma parte de nossa vida: à medida que a idade aumenta nossa vida diminui.”
Já o líder tibetano Dalai Lama “vivemos como se nunca fossemos morrer e morremos sem nunca ter vivido.” Sujeitamo-nos, tamanho é nosso medo pela morte, a apostar e crer no sucesso da mega-sena, com 1 chance para 60 milhões, querendo dizer que a cada vez que fizemos uma aposta, a possibilidade de ficar rico é de 0,000006% entre as combinações possíveis , a aceitar que o nosso término carnal seja 1:1.
O que isso tem a ver com um post jurídico? Muito. Não bastasse a média dos brasileiros detentores de apólices de seguro de vida serem apenas na casa de 19% , coincidentemente ou não é o mesmo número de empresas familiares que possuem planejamento de sucessão familiar .
O resultado citado é pesquisa divulgada no ano de 2016, revelando ainda que: 90% das empresas brasileiras são familiares, representando cerca de 65% do PIB e 75% da força de trabalho, apontando também que cada 100 empresas familiares abertas e ativas, apenas 30 sobrevivem à 1ª sucessão e 5 chegam à 3ª geração.
A receita da morte prematura das empresas familiares é a falta de planejamento sucessório.
Apesar de: haver quem diga que a espécie humana viverá 1000 anos ; algumas religiões afirmarem a existência reencarnação; e em 2011 já existiam 100 falecidos congelados com o intuito de serem ressuscitados no futuro , planejar a morte é medida anti fracasso familiar.
É preciso planejar morrer para salvar o futuro econômico das empresas familiares e de seus herdeiros, já que a estatística é 1:1.




Fonte:
Seibt, C. L. (2009) Sêneca e a finitude da vida- o que a finitude pode pensar sobre o viver. Integração, 15(59), 371-378,
https://www.resilienciamag.com/antes-de-voce-partir-viva/, consulta dia 31/4/2019.
https://g1.globo.com/economia/educacao-financeira/blog/samy-dana/post/2018/06/25/chance-de-acertar-na-mega-sena-e-igual-em-qualquer-sequencia-1-de-60-milhoes.ghtml, consulta em 31/4/2019.
https://exame.abril.com.br/negocios/dino/segundo-estudo-apenas-19-dos-brasileiros-tem-seguro-de-vida-especialista-da-dicas-e-ensina-corretores-de-todo-brasil-a-escalarem-seus-negocios/, consulta em 31/4/2019.
https://www.pwc.com.br/pt/setores-de-atividade/empresas-familiares/2017/tl_pgef_17.pdf, consulta em 31/4/2019
https://super.abril.com.br/ideias/como-viver-ate-os-1000-anos/, consulta em 31/4/2019.
https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-e-criogenia-humana/, consulta em 31/4/2014


Fonte: Mauri João Galeli - OAB/SC 13.472







WhatsApp