ATENDIMENTO AO CLIENTE
Concórdia: 49 . 3442 3430
Florianópolis: 48 . 3224 4633
PUBLICAÇÕES


O destino dos bens digitais em debate no quadro de entrevistas do JL desta semana

07/05/2018

04/05/2018 17:50 716 visualizações
Em um mundo conectado é natural que parte de nossas vidas esteja na esfera digital. Fotos, documentos, memórias, confissões, contas em redes sociais - quem pode herdar e gerir esse conteúdo após a morte do indivíduo? Temos o direito de invadir a intimidade de entes queridos após sua morte?

Essas e outras perguntas que permeiam a questão da herança digital são respondidas pelo advogado João Ricardo Brandão Aguirre, entrevistado desta semana do programa Justiça Legal - JL. A transmissão desses bens aos herdeiros, a vontade do falecido e a falta de regulamentação são algumas das questões que muitas vezes acabam por chegar ao Judiciário, a quem compete promover a análise minuciosa de cada situação.

Diversas crianças abrigadas aguardam anos por uma família e, quanto mais crescem, mais difícil fica o processo de adoção, seja porque as famílias geralmente procuram crianças menores, seja porque as crianças maiores também têm o direito de escolher seus pais. Uma história feliz aconteceu na Grande Florianópolis, onde um menino de 10 anos foi adotado por um casal depois de um longo processo de aproximação.

A história, que viralizou nas redes sociais a partir de um depoimento emocionante do pai, é contada pela equipe do JL, que foi até Governador Celso Ramos conhecer a família. O próprio garoto ficou animado com a matéria, pois ela pode servir de incentivo para que outras famílias adotem crianças maiores também.

O Tempo de Diálogo, programa institucional que aproxima o TJSC dos servidores e magistrados de todo o Estado, abordou na sua última edição a saúde financeira do Judiciário. Você pode acompanhar um resumo de tudo o que foi tratado nela neste Justiça Legal.

E, no quadro Isto é Legal, o JL foi conhecer o trabalho da companhia de dança Lápis de Seda, que, com bailarinos portadores de necessidades especiais, mistura dança contemporânea e música ao vivo em homenagem ao cantor e compositor Chico Buarque.

O Justiça Legal é apresentado aos sábados, às 19 horas, na TV Justiça. Integra também a grade da TV Floripa e da TV Câmara de Blumenau. Na TV Floripa (canal 4 da Net), vai ao ar todas as sextas-feiras às 18 horas, e na TV Câmara de Blumenau (canal 14 da Net) às 23h10min. Nesta última emissora, a edição é reprisada na segunda-feira às 23h55min, na quarta-feira às 11h30min e na quinta-feira às 12 horas e às 13h15min. O Justiça Legal também pode ser visto no canal do TJ no YouTube e no site jurídico Jus Catarina.


Fotos: Divulgação/JL
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo

Fonte: https://portal.tjsc.jus.br/web/sala-de-imprensa/-/o-destino-dos-bens-digitais-em-debate-no-quadro-de







WhatsApp